Início / Computador / Redes e Internet / Melhores Conversores de Mídia

Melhores Conversores de Mídia

Os melhores conversores de mídia são dispositivos de rede que ajudam na conversão de Ethernet ou outras formas de comunicação, de um tipo de cabo para algum outro.

É comum o uso desses equipamentos na conversão de CATx/UTP de cobre para fibra. Também são usados aos pares para que se torne possível inserir um segmento de fibra em redes de cobre.

Isso é feito com o intuito de aumentar a distância possível dos cabeamentos, bem como para diminuir as influências de interferências eletromagnéticas.

Ademais, eles aumentam a extensão de LANs e transformam as velocidades do link e de modos de fibra.

Esses itens são muito úteis em diversas situações, mas para fazer a escolha correta, você deve considerar as necessidades que a sua rede atual possui e, ainda considerar as necessidades futuras.

Então, este guia vai te mostrar como proceder para fazer a escolha certa e, também te fornecerá uma lista com os melhores conversores de mídia para você não se arrepender da compra.

Melhores Conversores de Mídia para 2021

Startech MCM1110MMLCStartech MCM1110MMLCMelhor Conversor de MídiaR$ 1.924,66 na Amazon
Intelbras ‎KGSD 1120 B‎Intelbras ‎KGSD 1120 BMelhor Conversor de Mídia Custo-BenefícioR$ 829,22 na Amazon
TP-LINK Gigabit SFP MC220LTP-LINK Gigabit SFP MC220LConversor de Mídia Bom e BaratoR$ 111,03 na Amazon
Startech ET91000SM10Startech ET91000SM10Conversor de Mídia Top de LinhaR$ 3.452,02 na Amazon
TP-Link MC112CSTP-Link MC112CSMelhor Conversor de Mídia até 100Mbps23% OFFR$ 210,00 na Amazon

O que são conversores de mídia?

Antes de aprender a escolher o produto certo para a sua rede, é fundamental que você entenda melhor para o que eles servem e como funcionam.

Basicamente, os conversores de mídia são equipamentos de rede utilizados em ligações point-to-point (P2P), que transformam sinais elétricos em sinais ópticos, ou vice-versa.

Dessa forma, é possível transformar a eletricidade em luz, o que é essencial para a transmissão de dados. Assim pode-se substituir o tradicional fio de cobre por cabos de fibra óptica.

Isso é vantajoso porque os equipamentos em questão conseguem elevar a velocidade, bem como o alcance da rede, diminuindo inclusive as possíveis interferências.

Os conversores de mídias são os equipamentos certos para quem precisa interligar redes Ethernet e, assim, aumentar a confiabilidade e segurança das mesmas.

Vantagens dos conversores de mídia

Antes de investir em conversores de mídia, é comum que as pessoas se perguntem se realmente vale a pena utilizá-los.

Então, se você também tem dúvidas em relação a isso, veja a seguir as principais vantagens de utilizá-los.

Aumenta a distância da LAN com fibra

Conexões Ethernet que utilizam fiação de cobre possuem uma grande limitação em relação a distância máxima para a transmissão adequada das informações.

No caso dos cabos UTP, a distância máxima de transmissão de dados é de até 100 metros. Mas quando se utiliza Ethernet com fibra ótica, essa distância passa a ser de mais de 80 quilômetros.

Diminui a incidência de problemas

Ao utilizar conversores de mídia que te possibilitem migrar uma rede local para fibra, você estará protegendo os investimentos realizados em hardware preexistentes que utilizam cabeamento de cobre.

Ademais, ao fazer isso, você contribuirá para a redução significativa de revisões caras e demoradas.

Diminui as interferências

A interferência eletromagnética, conhecida também como EMI, é uma das principais causas dos problemas na transferência de dados em conexões Ethernet.

Em contrapartida, as informações transmitidas através de cabeamento de fibra ótica são muito mais confiáveis porque não sofrem com a interferência citada.

Com isso, o desempenho na transmissão de dados na sua rede é otimizado.

Conversão de velocidade

Ao utilizar conversores de mídia, é possível mudar a velocidade da rede, que se torna dez vezes mais eficiente.

Ou seja, é possível passar 10 Mbps para 100 Mbps ou de 100 Mbps para 1.000 Mbps.

Simplificação de ligações

Se você optar pelo Power over Ethernet, ou PoE, estará contribuindo para a simplificação da instalação do ponto de acesso do Wi-Fi, câmeras IP, entre outros.

Isso ocorre porque nesse caso não há necessidade de se instalar um circuito de energia AC local.

Redução de latência

Ao utilizar os melhores conversores de mídia, você tem uma latência bem menor. Isso acontece porque a velocidade de transmissão do sinal ótico é mais elevada.

Nesse caso, a conversão do impulso luminoso praticamente não passa por processamento, o que deve ocorrer no caso de tecnologias sem fio.

Tipos de conversores de mídia

Atualmente, existem basicamente dois modelos de conversores de mídia que você pode encontrar no mercado: Fast Ethernet e Giga Ethernet.

Os modelos Fast Ethernet realiza a transmissão das informações com uma velocidade de 100 Mbps e são os equipamentos mais simples e mais baratos.

Esses equipamentos estão presentes em casos de uma demanda menor, como em negócios de menor porte ou locais com um um número reduzido de equipamentos conectados simultaneamente.

Por outro lado, os dispositivos do tipo Giga Ethernet são aqueles capazes de chegar a velocidades mais altas, como 1 Gbps. Ou seja, contam com uma velocidade de tráfego bem maior, atendendo a projetos de grande porte e mais complexos.

Dessa forma, o preço desses equipamentos é normalmente mais alto.

Um ponto importante a ser considerado é que os conversores de rede podem ser compostos por apenas uma ou também por duas fibras.

Outra diferença diz respeito aos equipamentos com conexão monomodo e multímodo. Diante disso, escolha sempre o equipamento mais adequado, considerando a velocidade, distância e custo geral da rede.

Mas se prepare porque quanto maiores forem a velocidade e a distância, mais você terá que desembolsar.

Os principais usos dos conversores de mídia

Os conversores de mídia são sem dúvidas muito interessantes quando se fala na implantação de redes de fibra óptica.

Isso se torna ainda mais importante quando essas redes se estendem por longas distâncias. Então, veja a seguir as principais aplicações desse tipo de equipamento.

  • Empresas: os conversores atendem às necessidades das empresas, visando interligar a matriz e suas filiais por cabeamento de fibra óptica. Isso garante alta eficiência e velocidade na transmissão das informações entre os locais;
  • Provedores: é comum que ISPs possuam POPs espalhados por toda a área onde operam. Nesse caso, os conversores de mídia conectam todos os pontos com fibra óptica, elevando a qualidade do serviço oferecido;
  • Universidades: os conversores servem para universidades, garantindo a transmissão de informações dentro de um mesmo campus ou, até mesmo entre campi diferentes. Sendo assim, mais eficientes que o uso dos cabos tradicionais de metal;
  • Segurança: os conversores de mídia são ótimos para garantir que equipamentos de monitoramento via vídeo funcionem adequadamente, mesmo que estejam a grandes distâncias em relação à central.

Conheça os melhores conversores de mídia

Depois de aprender um pouco sobre o funcionamento e como usar esses produtos, você precisa escolher um que seja adequado para o uso que pretende realizar.

Hoje em dia existem muitos itens disponíveis no mercado, mas nem todos servem para qualquer situação.

Sendo assim, veja a seguir quais são os melhores conversores de mídia do momento e as suas principais características.

1. Startech MCM1110MMLC

Melhor Conversor de Mídia

Conversor de mídia de fibra StarTech.com Gigabit 1000 Mbps, Sem montagem do chassi, Marrom, Unmanaged

  • Conversão: Ethernet RJ45 de cobre e conexão de fibra óptica
  • Porta RJ45 10/100/1000 Mbps
  • Alcance de 550 m na ​​interface de fibra óptica

Se você deseja estender a sua rede com uma qualidade elevada, este é um dos melhores conversores de mídia disponíveis atualmente.

O transceptor multímodo faz a conversão da conexão Ethernet RJ45 que utilize cabeamento convencional, para uma rede de fibra do tipo Gigabit, capaz de percorrer longas distâncias ou fazer a conexão entre estações de trabalho e switches.

Ademais, essa é uma maneira de estender a rede, de modo que ela se torne muito mais eficiente para uso em universidades, empresas, estádios e qualquer outro local onde haja rede disponível para múltiplos equipamentos simultaneamente.

O conversor de mídia conta com uma caixa de proteção fabricada em metal, visando oferecer uma durabilidade bem maior e um desempenho mais eficiente.

Além disso, o equipamento é aplicável em redes Ethernet 10/100 /1000 Base-T e pode ser usado com negociação automática na conexão de redes e dispositivos com velocidades distintas ligados a uma rede de fibra Gigabit.

2. ‎Intelbras ‎KGSD 1120 B

Melhor Conversor de Mídia Custo-Benefício

  • Monomodo
  • Porta RJ45 10/100/1000 Mbps
  • Alcance máximo: 20 km

Este é um excelente conversor de mídia Gigabit Ethernet monomodo para uso em locais com demanda de alcance que chega a até 20 quilômetros de extensão.

A tecnologia WDM proporciona uma excelente qualidade na transmissão do sinal, que é feita com velocidade e qualidade elevadas, bastando para isso uma única fibra.

Além disso, o equipamento alcança uma velocidade elevada em largura de banda superior, sendo que a transmissão chega a até 1 Gbps.

E tudo isso acompanhado de uma capacidade elevada de negociação através da porta Ethernet.

A tecnologia Hot Swap, por sua vez, permite que você insira ou remova os conversores de mídia, sem que seja necessário realizar o desligamento total do sistema.

Por fim, vale dizer ainda que o sistema pode ser facilmente instalado a qualquer momento e por qualquer pessoa. Basta conectar para que ele fique disponível para uso.

3. TP-LINK Gigabit SFP MC220L

Conversor de Mídia Bom e Barato

MC220L MC220L CONVERSOR DE MIDIA GIGABIT SFP

  • Padrões e Protocolos: IEEE 802.3ab, IEEE 802.3z, IEEE 802.3x
  • Portas: 1 porta Gigabit SFP e 1 porta RJ45 1000M (Auto MDI / MDIX)
  • Suporta auto MDI / MDIX para porta TX

O MC220L é um dos melhores conversores de mídia, que permite que você converta fibras 1000BASE-SX/LX para mídia 1000Base-T de cobre ou vice-versa. Tudo isso por um preço bem acessível.

Além disso, ele pode ser utilizado com cabo de fibra de multímodo ou monomodo, bastando para isso usar um conector SC / LC.

Na transmissão e recepção de informações em multímodo, o equipamento opera a 850 nm. Já para o monomodo, ele opera a 1310 nm.

Vale considerar que este produto não necessita de um chassi, podendo ser utilizado de forma autônoma.

Mas se preferir, pode utilizar um chassi do sistema de 19 polegadas da TP-Link, Auto MDI / MDI-X para porta Tx, e LEDs do painel frontal.

Ademais, em relação à distância, este equipamento consegue transmitir o sinal por até 550 m em multímodo e, por até 10 Km em modo único.

4. Startech ET91000SM10

Conversor de Mídia Top de Linha

Este Gigabit Ethernet é uma alternativa de alta tecnologia para todos os locais onde haja a necessidade de estender a distância entre dois pontos em até 10 quilômetros.

Com ele é possível utilizar redes de fibra óptica de longa distância, com grau de segurança elevado e com menos interferências eletromagnéticas.

Além disso, ele oferece a possibilidade de uma integração bem mais flexível, sendo algo essencial em ambientes em que a rede é mista.

Com essa integração, é possível oferecer acesso à internet até mesmo em áreas mais remotas, sem gerar uma queda significativa na qualidade do sinal.

Ademais, este conversor conta com transceptor Gigabit SFP pré-instalado com conectores LC. Mas se por acaso a estrutura da rede seja trocada, é possível substituir facilmente o módulo, para que se adapte às novas necessidades.

5. TP-Link MC112CS

Melhor Conversor de Mídia até 100 Mbps

Conversor de Mídia WDM de 10/100Mbps, TP-Link, MC112CS

  • Modo de transferência: Half / Full-Duplex para porta FX
  • Portas: 1 porta SC/UPC 100M e 1 RJ45 100M (Auto MDI / MDIX)
  • Alcance: 20 km

O MC112CS é mais um entre os melhores conversores de mídia, indicado para a conversão de fibra ótica 100 Base-FX para cabo de cobre 100 Base-TX ou vice-versa.

Com a tecnologia WDM, este modelo utiliza exclusivamente os cabos de fibra óptica para a transmissão e recepção de dados. Com isso, o cabeamento sai muito mais em conta para você.

Além disso, o MC112CS consegue suportar laser de onda longa (LX), mantendo a taxa de transmissão de velocidade adequada.

O equipamento opera a 1310 nm para a transmissão e 1550 nm para a recepção de informações. Para fibras de modo único, o equipamento pode operar em uma distância de até 20 Km.

Ademais, vale salientar ainda que este item pode ser usado facilmente como dispositivo autônomo (sem chassis requerido), Auto MDI / MDI-X para porta TX, auto negociação do modo duplex na porta TX e LEDs de status no painel frontal.

Conclusão

Os conversores de mídia são equipamentos que podem ser usados em diversas situações, com o intuito de melhorar significativamente a eficiência da transmissão de informações entre pontos distantes.

No entanto, por mais que os produtos tenham funcionamento semelhante, as suas características são bastante semelhantes.

Sendo assim, agora que você já sabe quais são os melhores conversores de mídia do momento, chegou a hora de rever as suas características e então escolher o que melhor se ajusta às suas necessidades.

Sobre o Autor: Tiago Dantas de Medeiros

Administrador de Empresas, Pós graduado em Gestão da Produção, Consultor Empresarial, Especialista Lean Six Sigma, Segurança do Trabalho. É entusiasta em tecnologia e inovação, ama ler e se dedica a atividade de redator há mais de 2 anos.

Deixe um comentário