Melhores Placas de Vídeo (AMD e NVIDIA)

Se você usa o PC para jogos, edição de vídeos ou modelagem 3D, hoje traremos uma lista com as melhores placas de vídeo que valem a pena comprar.

Este é um hardware que melhora muito a experiência gráfica, sobretudo. Sendo assim, é essencial para quem trabalha com atividades que necessitam de gráficos e para quem gosta de games modernos.

Apesar disso, independentemente das suas necessidades, um bom processamento gráfico pode te proporcionar inúmeros benefícios.

Mas para escolher o produto certo, você precisa ficar de olho nas características mais relevantes desses itens.

Então, elaboramos um guia de compras completo falando sobre essas especificações que vai te mostrar também quais são as melhores placas de vídeo que encontramos no mercado.

Melhores Placas de Vídeo de 2024

Melhores Placas de Vídeo Top de Linha
GeForce RTX 4090GeForce RTX 4090Melhor Placa de Vídeo do Mundo (até agora)Verificar disponibilidade
AMD Radeon RX 6900 XTAMD Radeon RX 6900 XTMelhor Placa de Vídeo da AMDR$ 5.600,00 na Amazon
Nvidia GeForce RTX 3090 TiNvidia GeForce RTX 3090 TiMelhor Placa de Vídeo para JogosVerificar disponibilidade
Placas de Vídeo com Melhor Custo Benefício
GeForce RTX 3060 TiGeForce GTX 3060 TiA Melhor Placa de Vídeo em Custo BenefícioVerificar disponibilidade
AMD Radeon RX 6700 XTAMD Radeon RX 6700 XTPlaca Radeon Potente e com Bom PreçoVerificar disponibilidade
AMD XFX Radeon RX 6600AMD XFX Radeon RX 6600GPU Boa para Jogar em Full HDR$ 2.499,99 na Amazon
GeForce RTX 2060 SuperGeForce RTX 2060 SuperMelhor Placa de Vídeo Abaixo dos R$250013% OFFR$ 3.070,20 na Amazon
Placas de Vídeo AMD Boas e Baratas
GeForce GTX 1660 TiGeForce GTX 1660 TiPlaca de Vídeo Boa e Barata para a Maioria das PessoasR$ 2.532,71 na Amazon
GeForce GTX 1650 OCGeForce GTX 1650 OCPlaca de Vídeo com Preço de Entrada e Desempenho IntermediárioR$ 4.103,09 na Amazon
GeForce GTX 1050 TiGeForce GTX 1050 TiPlaca de Vídeo Economica e BásicaVerificar disponibilidade

Como Escolhemos as Melhores Placas de Vídeo

A nossa escolha é dada a partir de uma avaliação na qualidade do chip, no seu suporte aos jogos e programas mais pesados dessa última geração, no seu desempenho em geral e preço, além de claro, a sua disponibilidade no mercado brasileiro.

Quais são as melhores placas de vídeo?

Escolher uma das melhores placas de vídeo não é uma tarefa simples. Ainda mais se você não tiver muita familiaridade com esse tipo de componente, pode enfrentar dificuldades.

Agora que você já sabe quais são as especificações mais importantes, vai ficar bem mais fácil fazer a sua escolha.

Ainda assim, vamos facilitar ainda mais com uma lista com as melhores placas de vídeo que encontramos atualmente.

Comparativo das Melhores Placas de Vídeo

Imagem
Gigabyte Placa gráfica GeForce RTX 4090 Gaming OC 24G, 3 ventiladores WINDFORCE, placa de vídeo 24GB 384-bit GDDR6X, GV-N4090GAMING OC-24GD
PowerColor Placa gráfica Red Devil AMD Radeon RX 6900 XT Ultimate Gaming com memória GDDR6 de 16 GB, alimentada por AMD RDNA 2, HDMI 2.1
MSI Placa de vídeo para jogos GeForce RTX 3090 Ti Gaming X Trio 24G – 24GB GDDR6X, 1860 MHz, PCI Express Gen 4, 384-bit, 3X DP v 1.4a, HDMI 2.1 (suporta 4K e 8K HDR)
Placa de Vídeo Gainward - GeForce GTX 3060 Ti, 8GB GDDR6, GHOST Series
Powercolor Placa de Vídeo AMD Radeon RX 6700 XT 12GB DDR6 192 Bits - AXRX 6700XT 12GBD6-3
Placa de Vídeo AMD XFX Radeon RX 6600 8GB DDR6 - RX66XL8LFDQ
Memória
24GB GDRR6X
16GB DDR6
24GB de GDDR6X
8GB GDDR6
12GB DDR6
8GB DDR6
Clock
2.235 MHz
2.250 MHz
1.890 MHz
1.410 MHz
2433 MHz
2.491 MHz
Fonte Recomendada
600W
850W
850W
200W
750W
550W
Preço
-
R$ 5.600,00
-
-
-
R$ 2.499,99

Melhores Placas de Vídeo Top de Linha

Se você trabalha com tarefas mais exigentes ou gosta dos games mais complexos e modernos, então vale a pena investir nas melhores placas de vídeo top de linha. Veja a seguir as nossas sugestões.

1. GeForce RTX 4090

Melhor Placa de Vídeo do Mundo (até agora)

No topo de nossa lista das melhores placas de vídeo, a GeForce RTX 4090 é excelente. Apesar de seu preço mais elevado, suas especificações valem a pena.

A GeForce RTX 4090 é produzida do silício “AD102” de 4 nm, o maioral desta geração. Além disso, ela tem um aumento de 56% nos núcleos CUDA, além de um acréscimo de 46% no clock boost.

A placa apresenta uma nova geração de hardware gráfico, garantindo um desempenho muito veloz nos jogos, deixando o traçado de raios em tempo real.

A NVIDIA Geforce RTX 4090 “Ada Lovelace”, é “Ada”, por homenagem a Ada Lovelace, tida como a primeira programadora de computador.

Sua arquitetura gráfica expõe a tecnologia com rastreamento de raios em tempo real conhecida como RTX de 3ª geração, combinando gráficos clássicos com alguns elementos de rastreamento de raios com tempo real que dinamizam muito o realismo visual.

A Ada possibilita que desenvolvedores e artistas visuais de jogos adicionem mais efeitos ray traced em seus jogos e coloca um hardware novo de função fixa, visando renderizár-los.

Ponto importante: os núcleos “Ada” CUDA dispõem de crescimento significativos de frequência e IPC em comparação a “Ampere”, e adicionam o Shader Execution Reordering, nova otimização SIMD que visa tornar melhor o desempenho do lado do shader do ray tracing em até três vezes.

Possui 16.384 núcleos CUDA (dos 18.432 que estão presentes no silício), além de 512 dos 568 núcleos Tensor, 512 TMUs e 192 ROPs, 128 dos 142 núcleos RT.

Ela dispõe de 24GB de memória GDDR6X, chegando à mesma velocidade de 21GB/s do RTX 3090 Ti, desempenhando 1008GB/s de largura de banda.

Pros

  • GPU mais rápida atualmente disponível;
  • Excelente para criação de conteúdo;
  • Suporte AV1 e NVENC duplo.

Contras

  • Preço elevado.

2. AMD Radeon RX 6900 XT

Melhor Placa de Vídeo da AMD

A AMD Radeon RX 6900 XT da PowerColor é resultado de uma parceria da Red Devil com a AMD, resultando em uma placa de vídeo aprimorada em relação à geração anterior.

De tamanho grande, ela tem três slots de largura. Porém, o PCB real é mais curto se comparado ao comprimento total do cartão.

Seu grande cooler tem um dissipador de calor de alta densidade e com base de cobre, conectado através de sete tubos de calor com 3 x 8 mm e 4 x 6 mm.

Diversas seções do dissipador de calor estão ligadas ao GPU, a memória e também ao VRM da placa.

No topo da montagem se encontram três ventoinhas axiais de rolamento de esferas, uma ventoinha central de 90 mm e ventoinhas externas de 2 x 100 mm, todas elas envolvidas por uma cobertura de metal rígido.

A placa possui ventiladores que param de girar completamente quando a temperatura da GPU se encontra inferior à 60 °C, fazendo com que a placa fique silenciosa durante usos leves.

Existe uma placa térmica de metal na parte de trás do cartão, porém sem almofada térmica que faça contato com o PCB.

Na frente e atrás da cobertura e na placa traseira, encontra-se a iluminação RGB. Além disso, as tampas de alto polímero DrMos são utilizadas em todo o design.

Por fim, sob o dissipador de calor localiza-se um PCB que pode ser personalizado em até 16 fases de alimentação, contra 13 (11 + 2) do design de referência da AMD.

Pros

  • Overclock decente;
  • Memória de vídeo Gddr6 de 16GB;
  • Funciona bem em certas cargas de trabalho do Proviz.

Contras

  • Não é tão diferente da 6800 XT.

3. Nvidia GeForce RTX 3090 Ti

Melhor Placa de Vídeo para Jogos

A Nvidia GeForce RTX 3090 Ti é perfeita para jogos, e se encontra entre as melhores placas de vídeo.

Trata-se de uma placa gráfica que vai aguentar com facilidade qualquer carga de trabalho e ainda você poderá jogar os games de PC de sua preferência sem problemas.

Aparentemente, a RTX 3090 Ti não tem muitas diferenças da Nvidia GeForce RTX 3090. Dispõe dos mesmos 24GB de GDDR6X VRAM, mas com maior velocidade de clock, subindo para 1.890 MHz.

Uma grande diferença é que a GeForce RTX 3090 Ti vem com dois Multiprocessadores Streaming extras, sendo 128 núcleos CUDA adicionais cada, além de um núcleo RT e quatro núcleos tensores.

A Nvidia GeForce RTX 3090 Ti dispõe de formidáveis 10.752 núcleos CUDA, que a transformam em uma potência completa de placa gráfica.

Porém, a RTX 3090 tinha 10.496, daí não sendo um grande avanço, um aumento de 2,5% de núcleos, um tanto pequeno.

Mas a Nvidia combinou essa atualização discreta com um relevante aumento no orçamento de energia da placa de vídeo para 450W.

De fato, a RTX 3090 consumia muita energia com seu TGP de 350W, e a marca recomenda uma fonte de alimentação de 850W, caso você pretenda encaixar a RTX 3090 no seu sistema.

Pros

  • Excelente desempenho de jogo;
  • Perfeito para criadores de conteúdo;
  • Clock muito satisfatório.

Contras

  • Consumo de energia.

Placas de Vídeo com Melhor Custo-Benefício

Se você estiver em busca de produtos que tenham uma relação de custo-benefício melhor em relação a outros itens semelhantes, veja quais são as nossas sugestões.

4. GeForce RTX 3060 Ti

A Melhor Placa de Vídeo em Custo-Benefício

Com um ótimo custo-benefício, a GeForce RTX 3060 Ti tem presença garantida na lista das melhores placas de vídeo.

De fato, não houve grandes mudanças em comparação à RTX 3070. A RTX 3060 Ti e a 3070 utilizam a mesma GPU GA104, porém a 3060 Ti dispõe de uma quantidade menor de unidades funcionais habilitadas.

É possível obter os mesmos 8GB de memória GDDR6, e clock de 14GB/s. Já o núcleo da GPU possui 38 SMs ativados, e em comparação aos 46 SMs na 3070, deixam a 3060 Ti 17% mais lenta, em teoria.

Já as velocidades do clock influenciam, pois o boost clock na RTX 3060 Ti é 3,5% menor, fazendo com que, de modo geral, a diferença de desempenho seja em torno de 20%, e porém, é um pouco menor que isso.

Pros

  • Overclocking eficiente, legal e decente;
  • DLSS 2.0 torna ainda mais rápido;
  • Ótima relação preço/desempenho.

Contras

  • 8GB VRAM.

5. AMD Radeon RX 6700 XT

Placa Radeon Potente e com Bom Preço

A AMD Radeon RX 6700 XT está entre as melhores placas de vídeo do mercado, e é ideal para quem almeja bom desempenho para games pesados, mas com um bom valor.

Jogos como Assassin’s Creed Valhalla, Red Dead Redemption 2 rodam com tranquilidade acima de 60 FPS, ainda considerando a resolução quad HD e os gráficos na configuração ultra.

Essa placa de vídeo compõe a linha mais forte da AMD, a RX 6000 Series, dispondo de 12GB de memória, além de uma estrutura moderníssima.

Com tudo isso, seu valor não é muito alto considerando a performance do hardware, e por isso, vale muito a pena.

Ela possui muitas avaliações nos e-commerces, sendo uma nota próxima da máxima, com alguns comentários destacando sua robustez e seu acabamento, além de ser uma placa de vídeo fria e um tanto silenciosa.

Pros

  • 12GB GDDR6 VRAM;
  • Cache infinito de 96MB;
  • Bom desempenho 1080p / 1440p.

Contras

  • Desempenho RT mais fraco.

6. AMD XFX Radeon RX 6600

GPU Boa para Jogar em Full HD

Placa de Vídeo AMD XFX Radeon RX 6600 8GB DDR6 – RX66XL8LFDQ
  • Memória: 8GB DDR6
  • Clock: 2.491 MHz
  • Fonte recomendada: 550W

Com uma ótima performance, a AMD XFX Radeon RX 6600 compõe a lista das melhores placas de vídeo. Ela foi a primeira a utilizar a GPU Navi 23.

Atualmente, a AMD continua com a primeira placa série RX 6000 com um valor bem acessível para um modelo com um boost clock oficial de 2.491 MHz.

Um ponto importante é que o software Radeon da AMD refere um clock de aumento máximo de 2704 MHz, porém o que o software expõe e o que as especificações oficiais comentam usualmente não correspondem, sendo jeitos diferentes de relatar o aumento.

Com um design compacto, a XFX RX 6600 SWFT tem classificação TDP de 132W. A placa de vídeo possui slot duplo, medindo 243 x 114 x 39 mm e pesando 615 gramas, muito leve se comparada com outras placas gráficas.

Ainda dispõe de duas ventoinhas personalizadas, tendo ambas 95 mm de diâmetro. Seus ventiladores fazem o trabalho, porém não contam com aros integrados e não são um projeto de alta pressão estática.

Pros

  • Conector de alimentação único de 8 pinos;
  • Desempenho 1080p;
  • Preço acessível.

Contras

  • Apenas 8GB de VRAM.

7. GeForce RTX 2060 Super

Melhor Placa de Vídeo Abaixo dos R$2500

Placa de Vídeo NVIDIA GeForce RTX 2060 Super 8GB GDDR6 PCI-E 3 26ISL6HP68LD Galax
  • Memória: 8GB GDDR6
  • Clock: 1.650 MHz
  • Fonte recomendada: 550W

Com um valor bem acessível e entre as melhores placas de vídeo, a Nvidia GeForce RTX 2060 Super é uma ótima escolha.

Dispõe da mesma arquitetura Turing do seu antecessor, porém, acrescentada de diversas melhorias, principalmente em relação ao núcleo e VRAM.

Ela tem 2.176 núcleos CUDA, comparada com os 1.920 presentes na RTX 2060. Possuem clock mais alto, e um boost clock de 1.650 MHz, melhorias que explicam o aumento para 7,2 TFLOPs na potência bruta.

A placa gráfica tem mais núcleos RT, sendo até 34 de 30, por isso, a RTX 2060 Super pode fornecer 6 Giga Rays/s em desempenho de rastreamento de raios.

A Nvidia GeForce RTX 2060 Super dispõe de 8GB de GDDR6 VRAM, ou seja, acima dos 6GB do modelo original, o que torna a placa de vídeo interessante para jogos em 1440p.

Porém, ocorreu um aumento do consumo de energia, com o cartão Turing consumindo 175 Watts.

Por seu bom desempenho e especificações, ela é perfeita para jogos em 1440p e com rastreamento de raios ativado.

Pros

  • Bom desempenho 1080p e 1440p;
  • Novo design de cartão brilhante;
  • Preços acessíveis.

Contras

  • Não suporta jogos em 4K.

Placas de Vídeo AMD Boas e Baratas

Mesmo que o seu orçamento seja um pouco reduzido, ainda é possível adquirir uma das melhores placas de vídeo. Temos alguns produtos bem interessantes com preços acessíveis.

8. GeForce GTX 1660 Ti

Placa de Vídeo Boa e Barata para a Maioria das Pessoas

A Nvidia GeForce GTX 1660 Ti é construída no TU116, um processador gráfico novo que engloba os sombreados aprimorados de Turing.

Sua arquitetura é de cache unificado, e ainda tem suporte para sombreamento que é adaptável. Além disso, esta placa possui uma variedade completa de recursos de aceleração de codificação ou decodificação de vídeo.

A memória GDDR6 está emparelhada com a GPU, porém não é bastante rápida que justifique a utilização de núcleos RT para rastreamento de raio acelerado ou mesmo núcleos Tensor para interferir em jogos.

Por isso, o TU116 trata-se de um chip enxuto, possuindo uma lista de especificações que ressalta os títulos destacados dos últimos anos.

A Nvidia substituiu os núcleos Tensor de Turing por 128 núcleos FP16 dedicados por SM, possibilitando que a GeForce GTX 1660 Ti desempenhe operações de meia precisão a 2X a taxa do FP32.

Com seis controladores de memória de 32 bits, o TU116 tem um barramento agregado de 192 bits, com preenchimento de módulos GDDR6 de 12GBs (Micron MT61K256M32JE-12:A), alcançando 288GB/s.

Trata-se de 50% mais largura de banda de memória que a GeForce GTX 1060, o que contribui para a placa manter sua dianteira de desempenho em 2560 x 1440 com antialiasing ativado.

Por fim, cada controlador de memória está associado a oito ROPs, com uma porção de 256 KB de cache L2, e no total o TU116 apresenta 48 ROPs e 1,5 MB de L2.

Pros

  • Ótimo desempenho em 1920 x 1080p;
  • Taxas de quadros aceitáveis ​​em 2560 x 1440p;
  • Mantém os recursos de aceleração de codificação/decodificação de vídeo de Turing.

Contras

  • Nenhum núcleo RT/Tensor.

9. GeForce GTX 1650 OC

Placa de Vídeo com Preço de Entrada e Desempenho Intermediário

Gigabyte Placa gráfica Gv-N1650OC-4GD GeForce GTX 1650 OC 4G, 2 ventiladores Windforce, 4 GB GDDR5 de 128 bits, placa de vídeo
  • Memória: 4GB GDDR5
  • Clock: 1.710 MHz (o cartão de referência é 1.665 MHz)
  • Fonte recomendada: 300W

Com um ótimo valor de entrada, a Nvidia GeForce GTX 1650 OC também está entre as melhores placas de vídeo.

Ela dispõe de memória de 4GB GDDR5, com 1710 MHz (tendo cartão de referência de 1665 MHz).

Seu sistema de resfriamento WINDFORCE 2X tem duas ventoinhas que possuem lâminas exclusivas de 80 mm, com rotação alternada e 3D Active Fan, que proporcionam uma satisfatória dissipação de calor.

Com a tecnologia “Alternate Spinning”, que é patenteada pela GIGABYTE, é a solução adequada para solucionar o turbulento fluxo de ar das ventoinhas adjacentes.

Isso porque as ventoinhas giram na mesma direção, o direcionamento do fluxo de ar é oposto entre elas, causando um fluxo de ar turbulento que reduz a eficiência da dissipação de calor.

Assim, a GIGABYTE desenvolveu o giro das ventoinhas adjacentes na direção contrária, proporcionando que a direção do fluxo de ar seja a mesma, o que impede a pressão do fluxo de ar.

Ponto importante é que o Choke de metal retém energia por mais tempo que os comuns de núcleo de ferro em alta frequência, precisamente a interferência EMI e a perda de energia do núcleo.

Por fim, os capacitores sólidos Lower ESR afirmam uma ótima condutividade eletrônica para um bom desempenho do sistema e uma maior vida útil.

Com a interface intuitiva de ponta, é possível que você ajuste a velocidade do clock, desempenho da ventoinha, tensão e limite de energia em tempo real, conforme os requisitos presentes no jogo.

Pros

  • Ótimo desempenho por Watt;
  • Controles intuitivos com motor AORUS;
  • Sistema de resfriamento Windforce 2X.

Contras

  • Hardware decodificador NVENC de última geração ausente.

10. GeForce GTX 1050 Ti

Placa de Vídeo Econômica e Básica

Placa de Vídeo Gigabyte – GeForce GTX 1050 Ti, OC 4GB GDDR5
  • Memória: 4GB DDR5
  • Clock: 1.290 MHz
  • Fonte recomendada: 300W

Com destaque desde o seu lançamento e com presença garantida na lista das melhores placas de vídeo, a GeForce GTX 1050Ti 4GB é uma excelente opção, sendo um modelo que revolucionou o mercado.

A linha GTX 10 da Nvidia trouxe grande qualidade em seu projeto, na construção e com isso, a tecnologia e uma performance diferenciada. Por isso, continua entre os modelos mais procurados.

Por ser uma placa de vídeo com um baixo valor e ideal para setups básicos, ela fornece um ótimo desempenho para jogos mais leves.

Ponto importante é que o modelo tem entrada DVI, possibilitando a utilização de monitores mais antigos.

Por tudo isso, ainda possui diversas avaliações positivas em e-commerces, com uma nota alta, com os consumidores exaltando que ela é silenciosa e tem resposta rápida nos gráficos.

Pros

  • Reproduz 1080p bem alto e é muito acessível;
  • Silenciosa e eficiente – não é necessário conector de alimentação;
  • Lida com todos os jogos em Full HD.

Contras

  • Não é muito rápida.

Guia de Compra: Como Escolher uma Placa de Vídeo?

como escolher uma placa de vídeo

Placas de vídeo dedicadas conferem um desempenho imensamente superior para quem lida com edição de vídeos, programas CAD ou games.

Na verdade, esta última opção é o maior foco de quem procura uma placa de vídeo de última geração, pois permite acompanhar os lançamentos recentes.

Claro que o valor das placas de última geração podem ser um impeditivo. Portanto, escolher uma placa de desempenho médio acaba sendo a opção mais viável em relação ao custo benefício.

Os modelos da NVIDIA e da AMD ATI têm uma gama de preços e qualidade que podem se adequar a sua realidade e por conta disso, fizemos um guia de compras para placa de vídeo. 

Como Funciona uma Placa de Vídeo?

Melhores Placas de Vídeo

Uma placa de vídeo é basicamente um hardware que trabalha realizando milhares de cálculos por segundo e ir operando seguindo “instruções gráficas” manipulando o que o usuário vê na tela e como ele vê.

Dentro desses vários cálculos e instruções, ainda encontramos as API’s como Direct X e Vulkan e a função dessas API’s é operar de maneira genérica especificando saídas e entradas para determinadas funções independente dos drivers e hardwares.

É claro, o funcionamento de um aparelho desses é infinitamente mais complexo do que essa breve descrição, mas para os leigos, com esse pequeno trecho já dá para ter uma noção bem básica do funcionamento das placas de vídeo.   

Qual Marca Escolher? AMD ou NVIDIA?

Entre a NVIDIA e AMD, podemos estabelecer algumas diferenças básicas que irão determinar sua escolha.

Internamente, tanto as placas de vídeo (GPU) da AMD quanto da NVIDIA realizam os mesmos cálculos, porém a forma que eles são implementados e organizados é onde encontramos as diferenças entre essas  duas grandes marcas. 

Enquanto que a AMD aposta em cálculos assíncronos, que oferecem mais flexibilidade e agendamentos de cálculos em filas de instruções, ou seja, ela trabalha com filas de hardwares separadas para tratar com os cálculos. Já a NVIDIA trabalha com essas filas por meio de drivers.

Hoje em dia acaba-se tornando necessário ter essa competição entre grandes marcas nesse ramo, pois aí se cria uma competitividade e isso é uma coisa boa no mercado pois se tivéssemos apenas uma empresa dominando esse ramo, os preços desses dispositivos iam estar bem mais altos pois ela regularia o mercado inteiro das placas de vídeo. 

Preço

Aqui temos o principal fator que influencia na compra de uma placa de vídeo da AMD ou NVIDIA. 

As placas de vídeo da AMD em geral acabam por possuírem preços mais em conta e com isso focam mais no mercado de usuários intermediários que não querem investir muito nesses aparelhos e isso faz muito sentido se pararmos para pensar que (na teoria) devem existir um público muito maior para placas de vídeo intermediárias e com preços mais em conta se comparar contra placas de vídeo de última geração e com preços astronômicos. 

E isso acaba por não ser bem assim. A NVIDIA atualmente possui mais de 90% de participação no mercado, o que é muita coisa.

Apesar de grande parte das placas de vídeo recomendadas nesse artigo serem da NVIDIA, não apoiamos esse monopólio e estamos ansiosos para os lançamentos que a AMD aguarda para 2024 e esperamos que eles aumentem sua participação no mercado.

Chip Gráfico

O chip determina qual o limite máximo de eficácia da placa de vídeo.

Importante lembrar que, apesar de ainda poderem ser encontrados modelos mais antigos e portanto mais baratos, não vale a pena escolher um modelo muito antigo, sob risco de não poderem ser aproveitados da melhor formato dos os benefícios de atualização dos drivers.

Ademais, os modelos mais modernos trazem o benefício de serem energeticamente mais econômicos e tecnologias mais modernas, que obviamente melhoram a experiência dos jogos demais aplicativos.

Memória e Velocidade de Processamento

Aqui, não tenha dúvidas: opte sempre por um modelo com 512 MB GDDR5 ao invés de uma placa com 2GB GDDR3, pois esta última é bastante lenta para comportar modelos mais rápidos.

A verdade é que por trazer um chip sem grandes recursos, a memória máxima utilizada não passará dos 512 MB de qualquer forma.

Tamanho

Escolhendo o chip mais potente,saiba que quanto maior a potência, mais calor ele irá gerar.

Portanto, tenha certeza de que o espaço reservado para acomodar a placa seja suficiente. Alguns modelos, como a ASUS Radeon HD 7950 DirectCU II TOP chegam a ocupar 30 cm de comprimento.

Para garantir que o seu gabinete irá ter espaço suficiente, confira agora o nosso artigo dos melhores gabinetes clicando aqui.

Suporte para Jogos

Todos os modelos mais recentes irão suportar o DirectX 11. No entanto, se a sua escolha for por um modelo mais antigo, ela pode não dar suporte ao game pretendido.

Portanto, pesquise sempre antes de adquirir aplaca. Não adianta comprar um elemento mais barato que ao final não irá ter a serventia pretendida.

A nossa recomendação é utilizar sites como o Can You RUN It aonde você pode inserir as suas especificações e conferir se o seu computador conseguirá rodar o jogo desejado. 

Se quiser saber um pouco mais como funcionam os benchmarks e testes nas placas de vídeo, recomendamos que assista o vídeo abaixo:

Duração de uma Placa de Vídeo

Novos modelos são lançados constantemente: não se iluda achando que uma comprar uma placa de vídeo hoje irá garantir a funcionalidade por anos a fio.

A verdade é que modelos na faixa de R$1.000,00 podem executar as versões mais recentes dos games e ainda permitirão atualizações futuras para complemento de desempenho porém terão vida útil reduzida, forçando você a adquirir um modelo mais recente em 1 ou 2 anos.

Placa de Vídeo Externa: O Que é e Como Funciona?

As placas de vídeo externas são uma opção prática para quem quer melhorar o desempenho do PC sem fazer ajustes internos. Garante também fácil portabilidade para usuários de notebooks que não desejam adquirir desktops.

Geralmente mais utilizadas para notebooks, são mais procuradas para rodar games que exijam muito do hardware.Com uma placa de vídeo externa adequada, permite a utilização da tecnologia ray tracing, por exemplo, em computadores mais simples.

É importante destacar que esta tecnologia tem muito a avançar nos próximos anos, pois ainda se encontra em sua primeira geração.

Os preços variam entre R$1.000,00 e R$1.500,00 e ainda há algumas dificuldades, como incompatibilidades entre marcas.

Placas de Vídeo Virtual

As placas de vídeo virtuais são programas que simulam uma placa de vídeo e permitem que o PC rode jogos para os quais não possui os requisitos mínimos.

O programa 3D – Analyse, por exemplo, pode fazer com que placas antigas simulem funções do Directx ouOpenGL, fazendo com que o computador passe nos testes iniciais do game e engane o instalador.

No entanto, esse tipo de programa não irá conseguir fazer com que o PC desempenhe as funções necessárias, ficando sujeito à resoluções extremamente baixa e travamentos.

Portanto, o mais indicado de fato é adquirir uma nova placa ou investir em uma placa externa, estas podendo ser um pouco mais acessíveis que as primeiras.

Conclusão 

As placas de vídeo são componentes importantíssimos para os computadores e, sobretudo, quem tem exigências em termos de processamento gráfico, precisa investir em um bom modelo.

Então, não se esqueça de considerar ao mesmo tempo as suas necessidades e o seu orçamento para adquirir uma das melhores placas de vídeo que seja mais adequada para você.

Giordano Berwanger
Criador de Conteúdo
Especialista em:
Tecnologia em geral
Notebooks
Celulares
Formação acadêmica:
Engenheiro de Computação pela UTFPR
Engenheiro de computação apaixonado por tecnologia e especialista em gadgets. Além de criar conteúdo informativo, ele também faz reviews de produtos em diversas plataformas como Instagram, YouTube e TikTok. Com um amor genuíno pelo que faz, Giordano se destaca não apenas em sua expertise técnica, mas também em sua vontade de ajudar os outros. Fora do âmbito profissional, ele é um entusiasta de tênis de mesa e jogos de tabuleiro. Sua abordagem engajada e apaixonada o faz um comunicador eficaz no mundo tech.

4 comentários em “Melhores Placas de Vídeo (AMD e NVIDIA)”

  1. Tenho um orçamento de 5.000 para meu pc, que pretendo usar para jogos como fortnite, red dead, gta, valorant e também para estudo me indique como devo monta-lo? por favor

    Responder
    • Olá Maria!
      Recomendo inicialmente que dê uma lida nesse nosso artigo dos melhores PCs gamers, dar uma olhada nos modelos que recomendamos para ver se algum deles te atende e caso tenha quaisquer dúvidas, estamos a disposição para te ajudar.
      Abraço!

      Responder
    • Olá Mariana!
      Obrigado pelo seu comentário aqui no blog.
      Ambas as placas de vídeo servem muito bem para esse fim, você pretende trabalhar com programas de modelagem 3D?
      Abraço!

      Responder
Deixe um comentário