Início / Áudio / Melhores Toca-Discos

Melhores Toca-Discos

Durante um longo período, os melhores toca-discos permaneceram esquecidos. Mas agora as “vitrolas” se tornaram símbolo da cultura vintage e muito apreciado por quem ama música de verdade.

Atualmente os discos de vinil são artigos de coleção e, ouvi-los se tornou um grande hobby para algumas pessoas.

Mas para aproveitar melhor os seus discos, você precisa de um bom aparelho que os reproduza com excelente qualidade de áudio.

E como saber quais são os melhores toca-discos e escolher o mais adequado? Veja a seguir informações importantes sobre isso.

Melhores Toca-Discos de 2021

Audio-Technica AT-LP120XUSB-BKAudio-Technica AT-LP120XUSB-BKMelhor Toca-DiscosR$ 3.299,00 na Amazon
Audio-Technica Automático AT-LP60X-BKAudio-Technica Automático AT-LP60X-BKMelhor Custo-BenefícioR$ 1.669,00 na Amazon
ION Air LP IT55ION Air LP IT55Melhor Toca-Discos com BluetoothR$ 1.479,50 na Amazon
Uitech MaxsoundUitech MaxsoundToca-Discos para Iniciantes com 2 Caixas de SomR$ 989,90 na Amazon
Pioneer PLX 1000Pioneer PLX 1000Toca-Discos Top de LinhaR$ 6.490,00 na Amazon
Pro-Ject Debut RecordMasterPro-Ject Debut RecordMasterMelhor Toca-Discos com USBCompre na Amazon
Bronco LP IONBronco LP IONToca Disco RetroR$ 1.994,00 na Amazon

Por que comprar um toca-discos

Por muito tempo os discos de vinil ficaram esquecidos por serem ultrapassados e terem sido substituídos por outros tipos de mídias.

Mas agora esses discos voltaram com tudo, assim como vários modelos de toca-discos. E o melhor é que os novos equipamentos possuem tecnologias modernas que melhoram em muito a sua experiência.

Além disso, os serviços de streaming de música estão dominando o mercado e, muita gente não quer mais consumir os produtos físicos.

Entretanto, ainda existe um grande público para os CD’s e discos. Em geral essas pessoas são colecionadores e apreciadores da música como arte.

Então, essa é a principal motivação para a compra de uma vitrola: o prazer em ouvir a música como se fazia antigamente.

Além disso, os toca-discos são símbolo entre os produtos vintage e, estão em alta. O design deles encanta e, inclusive são usados como objetos de decoração.

Seja lá qual for a sua motivação, é inegável que a vitrola é um objeto encantador e que combina com qualquer tipo de ambiente.

Fatores para escolher o aparelho ideal

Com a volta dos toca-discos, existem muitos modelos clássicos e modernos à sua escolha. Mas antes de fechar a compra você deve avaliar alguns aspectos técnicos importantes.

Isso é essencial para escolher um item que se ajuste às suas necessidades. Então veja a seguir o que levar em consideração ao comparar as vitrolas.

Presença de caixa de som integrada

Se você buscar por toca-discos, verá que há basicamente dois tipos: aqueles com caixa de som integrada e os que precisam de uma caixa externa para a reprodução do áudio.

Modelos com a caixa de som integrada são bem mais práticos e compactos. Em contrapartida, são menos potentes em relação ao outro tipo.

Mas se você está em busca de uma vitrola para integrar a decoração e reproduzir músicas apenas dentro de casa, um modelo com caixa de som integrada é suficiente.

Por outro lado, se você deseja obter um som amplificado, prefira um equipamento com caixa de som externa.

Contrapeso Regulável e Anti-Skating melhoram a reprodução

A fricção da agulha sobre os sulcos do disco é necessária para que o aparelho toque as músicas registradas. Mas isso deve acontecer com o peso certo.

Caso o braço seja muito alto, a qualidade do som será muito menor do que o desejado. Isso pode também desgastar demasiadamente a agulha e até danificar o disco.

Assim, para evitar que isso ocorra, os toca-discos mais sofisticados contam com um contrapeso que pode ser regulado, visando resolver essa questão.

A função anti-skating também é muito interessante porque impede que o braço deslize demasiadamente sobre o disco. Se isso acontece, o som fica prejudicado e o seu vinil é arranhado.

A tampa evita que o toca-discos fique sujo

Às vezes as pessoas deixam de considerar os aspectos mais simples para a escolha de um produto como o toca-discos.

Mas a tampa é um item muito importante, que evita que o excesso de poeira se acumule no seu equipamento.

Isso é desejável, visto que partículas de poeira arranham os discos, danificando-os. O pó também danifica o equipamento, sendo potencialmente nocivo ao seu funcionamento.

Ao optar por um modelo com tampa, você deve definir qual é o seu modelo favorito. A maioria vem com tampas transparentes como eram os modelos antigos.

Mas há também vitrolas que se assemelham a caixas de madeira ou maletas e são mais sofisticadas.

Velocidade de rotação

Dificilmente as pessoas leigas não sabem disso, mas os discos de vinil são gravados em três velocidades diferentes.

O valor é expresso em rotações por minuto, ou RPM, sendo que cada uma delas possui características distintas.

  • 78 RPM: os discos mais antigos são feitos de goma de laca e tinham essa velocidade e, atualmente são bem raros;
  • 33 RPM: Os LP´s comuns, que fizeram muito sucesso há alguns anos eram fabricados em vinil e gravados nessa velocidade;
  • 45 RPM: esses também são de vinil, com a diferença de que é possível gravar somente cinco minutos de música em cada um dos lados.

Devido a essa diversidade, prefira os toca discos que funcionam nas três velocidades se você quiser mais versatilidade. Mas saiba que todos os aparelhos hoje em dia operam a 33 RPM.

Tipos de conexões

Os toca-discos modernos ganharam muitas funções e, agora fazem muito mais do que apenas reproduzir vinil.

Muitos deles são completos e capazes de reproduzir arquivos de áudio por meio de mídias variadas.

Além disso, já existem vitrolas com conexão USB, Micro SD, Bluetooth, CD player e, até mesmo para fita cassete.

Então, analise as suas necessidades e preferências e escolha o toca-discos que melhor se adapta a você e aos tipos de mídia que consome.

Voltagem

Observar a voltagem de um produto é fundamental para que ele funcione adequadamente na sua residência.

Atualmente existem produtos bivolt, mas alguns não são. Então, sempre considere essa questão na hora de adquirir uma vitrola.

Recursos extra fazem a compra valer a pena

Se você ficar em dúvidas sobre qual modelo de toca-discos adquirir, uma das maneiras de decidir é observar os recursos extra que possuem. Portanto, observe os modelos que possuem itens como:

  • Pré-amplificadores: fazem o preparo do som que será amplificado. É muito importante para quem preza pela boa qualidade;
  • Agulha de diamante: o material dessa agulha é muito mais resistente em relação às comuns que são fabricadas em safira. Mas é claro que os toca-discos com agulha de diamante são os mais caros;
  • Gravação de vinil em mp3: esse é um ótimo recurso para quem pretende digitalizar os vinis para tipos de mídia mais modernos.

Saída para fone de ouvido, rádio AM/FM e controle remoto são mais algumas das facilidades que você encontra em alguns produtos e que melhoram a sua experiência. Mas sempre avalie quais são os recursos que você realmente vai utilizar.

Conheça os melhores toca-discos do momento

Depois de ler os primeiros tópicos deste texto, você já sabe quais são os principais fatores que regem a escolha e compra de um toca-discos.

Então agora você precisa conhecer os melhores equipamentos disponíveis para a compra e escolher o que mais te agrada.

Então veja a lista de sugestões e principais características de cada item.

1. Audio-Technica AT-LP120XUSB-BK

Melhor Toca-Discos

Audio-Technica AT-LP120XUSB-BK Direct Drive USB toca-discos

  • Velocidades selecionáveis de 33/45/78 RPM
  • Cabeçote universal at-hs6 de ½ ”
  • Cartucho magnético at-vm95e dual magnet com agulha elíptica de 0,3 x 0,7 mil

Este é um dos melhores toca-discos disponíveis atualmente no mercado, que possui reprodução adequada para os três níveis de velocidade, 33, 45 e 78 RPM.

Ele é totalmente manual e possui controle antiderrapagem e pré-amplificador fonográfico selecionável, que deixam o produto bem mais eficiente.

Além disso, esta é uma vitrola com recursos modernos, como a saída USB, para conexão com o computador.

O produto possui ainda um software próprio, o Audacity, que serve para converter os registros em arquivos digitais de áudio.

Por meio da conexão com o cabo RCA, você consegue conectar o toca-discos a um equipamento estéreo que tenha na sua casa.

Ademais, o toca-discos Audio Technica AT-LP120XUSB-BK conta com braço em formato de S, com ajuste de pressão para melhor qualidade do som.

2. Audio-Technica Automático AT-LP60X-BK

Melhor Custo-Benefício

Toca-Discos Vinil Audio-Technica Automático AT-LP60X-BK, Preto

  • Operação totalmente automatizada
  • Acionamento por correia com duas velocidades: 33-1/ 3, 45 RPM
  • Antirressonância

Este toca-discos é o equipamento ideal para colecionadores de discos de vinil ou também para quem sabe pouco sobre esses itens e deseja um bom equipamento.

A vitrola Audio-Technica tem acionamento totalmente automático e é uma alternativa com bom custo-benefício por possuir bons recursos e um valor acessível.

Ele conta com duas velocidades de reprodução: 33 e 45 RPM. Possui também pré-amplificador fonográfico chaveado, compatível para a conexão com amplificador, computador e outros tipos de equipamentos e dispositivos.

Esta vitrola possui recursos como o headshell que melhoram muito o rastreamento e diminuem os níveis de ressonância.

3. ION Air LP IT55

Melhor Toca-Discos com Bluetooth

Toca-Discos Vinil Air LP Ion IT55 com Transmissão sem Fio e Conversão Digital – Bivolt, Preto, ION_

  • Com Transmissão sem Fio
  • Conversão Digital
  • Seletor de rotação de discos 33 1/3, 45 e 78 RPM

O ION Air LP ™ é um toca-discos moderno, com recursos interessantes e que facilitam bastante o seu dia a dia.

Com ele você ouve o som dos seus discos de vinil em qualquer dispositivo com tecnologia Bluetooth.

Além disso, ele possui também um Software que te permite converter os seus discos de vinil em arquivos digitais modernos.

Se você preferir, pode conectar um fone de ouvido na saída de áudio RCA. E a entrada auxiliar pode ser usada ainda para conectar outros dispositivos, inclusive computador.

4. Uitech Maxsound

Toca-Discos para Iniciantes com 2 Caixas de Som

Vitrola Toca Discos de Vinil Bluetooth Concert Aria com 02 caixas de som externas Arena Phoenix Ópera Tenor Maxsound Uitech

  • Com 02 caixas de som externas
  • Toca tanto em 110V quanto 220V
  • Velocidades de operação: 33/45/78 RPM

A Vitrola retrô Toca-discos Maxsound Uitech é uma ótima opção para quem começou a explorar o mundo dos discos de vinis há pouco tempo.

O toca-discos reproduz gravações nas velocidades 33, 45 e 78 RPM para você ouvir qualquer tipo de disco.

Além disso, ele possui um design retrô muito bonito, que combina com vários tipos de decoração. E ele ainda tem a vantagem de ser compacto e portátil.

Outra característica interessante são os alto-falantes externos que conferem maior potência e poder ao equipamento.

Mas se você ainda não ficar totalmente satisfeito com isso, basta plugar a vitrola em um amplificador por meio da saída RCA.

5. Pioneer PLX 1000

Toca-Discos Top de Linha

Toca Disco Pioneer PLX 1000

  • Velocidade de rotação 33 a 45 RPM
  • Bivolt Com Chave Seletora 110V-220V
  • Braço universal de tom em forma de S

O PLX-1000 é um dos melhores toca-discos porque possui recursos avançados desenvolvidos por uma das maiores marcas de produtos de áudio, a Pioneer.

Com cinquenta anos de experiência, a empresa criou este toca-discos muito bonito, com um layout familiar.

O produto possui recursos interessantes, como o acionamento direto de alto torque, o controle multi-pitch e os cabos destacáveis.

Ademais, a sua construção é voltada para fornecer uma boa qualidade. Isso é possível graças ao bom amortecimento de vibração.

6. Pro-Ject Debut RecordMaster

Melhor Toca-Discos com USB

Toca-Discos Pro-Ject Debut RecordMaster Saída USB

  • Saída USB
  • Plataforma giratória audiófila para Hifi
  • Velocidade de 33/45 RPM (78)

Este toca discos com USB é um dos melhores do mercado porque conta com recursos muito interessantes, que permitem o bom aproveitamento das suas mídias.

A plataforma giratória audiofila para Hifi e a possibilidade de transmitir o som para um computador são alguns dos recursos deste aparelho.

Ele reproduz os discos com três velocidades diferentes, para que você possa aproveitar qualquer disco sem problemas de compatibilidade.

Por fim, este é um toca-discos com pré-amplificador embutido e saída USB que tornam a experiência mais prazerosa e também versátil.

7. Bronco LP ION

Toca Disco Retrô

O Bronco LP ION é muito mais do que um simples toca-discos. Ele é um central multimídia 4 em 1, onde você pode ouvir rádio, músicas via USB, entrada auxiliar e discos.

Com ele você consegue ouvir qualquer tipo de disco devido à compatibilidade com as três velocidades de rotação existentes.

Além disso, você pode facilmente digitalizar a sua coleção de discos graças à possibilidade de transmitir os arquivos via USB. Há ainda saída para fone de ouvido e de áudio estéreo RCA.

Conclusão

Os toca-discos são equipamentos icônicos, que além de muito bonitos, oferecem uma ótima experiência para os admiradores da boa música.

Por mais que eles sejam bem antigos, atualmente ganharam vários recursos que ampliam muito as possibilidades e, que fazem com que as vitrolas voltem a ser amadas.

Portanto, para curtir suas músicas ao máximo, você precisa adquirir o equipamento mais adequado, que atenda às suas principais necessidades.

Então, agora que você já sabe quais fatores levar em consideração na análise dos produtos e, quais são as melhores vitrolas e toca-discos do mercado, já pode fazer a sua escolha.

Sobre o Autor: Tiago Medeiros

Administrador de Empresas, Pós graduado em Gestão da Produção, Consultor Empresarial, Especialista Lean Six Sigma, entusiasta em tecnologia e inovação, ama ler e se dedica a atividade de redator há mais de 2 anos.

Deixe um comentário