Início / Acessórios / Casa Inteligente / Melhores Centrais de Alarme

Melhores Centrais de Alarme

A criminalidade no Brasil traz insegurança e obriga as pessoas a recorrerem às mais diversas soluções para manterem seus imóveis seguros contra invasões. Nesse cenário, as melhores centrais de alarme se mostram uma opção moderna e eficiente.

Esses sistemas de segurança ajudam a prevenir roubos e invasões em geral, sem ser necessário fazer um investimento tão elevado em comparação a outros tipos de sistemas.

No entanto, essas centrais possuem variações, sendo importante que você conheça todas elas para conseguir escolher o produto mais adequado para as suas necessidades.

Então, continue lendo este artigo para saber mais sobre esses produtos e, também, como comprar uma entre as melhores centrais de alarme do momento.

Melhores Centrais de Alarme em 2022

Intelbras Amt 2018 EGIntelbras Amt 2018 EGMelhor Central de Alarme ResidencialR$ 895,00 na Amazon
Intelbras AMT 2018 EIntelbras AMT 2018 EMelhor Central de Alarme para EmpresasR$ 541,65 na Amazon
Kit ‎Intelbras AMT 2018 EKit ‎Intelbras AMT 2018 EMelhor Kit com Central de AlarmeR$ 1.156,23 na Amazon
Intelbras Contra Roubo AMT 8000Intelbras Contra Roubo AMT 8000Melhor Central de Alarme Sem FioR$ 827,00 na Amazon

O que são centrais de alarme?

Basicamente, as centrais de alarme são sistemas de segurança compostos por vários sensores que detectam quando existe uma invasão no ambiente.

Quando isso ocorre, o sistema interpreta como indicativo de perigo e, então, os alarmes disparam.

O sistema de alarme é interligado com uma discadora, que é semelhante a um telefone. Dessa forma, o número cadastrado recebe uma ligação avisando que há algo errado.

Assim é possível tomar as medidas cabíveis conforme o ocorrido, evitando possíveis prejuízos.

Quando vale a pena instalar uma central de alarme?

De uma maneira geral, as centrais de alarme promovem o aumento no nível de segurança dos ambientes através de sistemas de monitoramento.

Por isso, a indicação de uso dela é bastante ampla. Então, qualquer pessoa que queira aumentar o nível de segurança de um local pode instalar uma central.

Entretanto, ao fazer isso é preciso escolher o produto mais adequado conforme as necessidades do local onde a central vai ser instalada.

A maioria dos produtos não conta com sistemas de monitoramento por câmeras de segurança. Nesses casos, a recomendação de uso restringe-se a pessoas que buscam por um sistema de segurança mais simples.

Para quem deseja fazer o monitoramento assistido dos ambientes, esses modelos mais simples realmente não são a melhor alternativa, sendo necessário investir em modelos mais modernos.

Central de alarme monitorada ou não monitorada?

Um dos principais pontos a se considerar quando se pensa em centrais de alarme diz respeito ao uso de equipamentos monitorados ou não monitorados.

Existem essas duas variações do produto e ambas possuem basicamente a mesma função e o mesmo princípio de funcionamento por meio de sensores.

No entanto, nas centrais de alarme não monitoradas, o proprietário do sistema deve realizar o monitoramento do local e, também, verificar se há algum problema em caso de alerta.

Ou seja, caso ocorra alguma invasão, o proprietário deve agir, indo até o local para checar se houve uma invasão, ou ainda, chamando a polícia.

Essa é uma alternativa muito popular, amplamente utilizada em casas porque não é necessário pagar por um serviço adicional, sendo possível fazer o controle da central à distância.

No entanto, para quem busca por uma alternativa mais avançada, é melhor optar por uma central de alarme monitorada.

Mais indicadas para comércios e empresas, essas possuem tecnologias mais avançadas, que são mais eficientes do que os sensores comuns.

Nesse caso, quando os sensores detectam uma invasão, ocorre o acionamento do alarme e o envio de avisos para uma central de monitoramento.

Dessa forma, a própria central de segurança responsável pelos alarmes deve enviar seguranças ao local ou, acionar a polícia dependendo da situação.

O que considerar ao comparar os modelos de centrais de alarme?

Por mais que as centrais de alarme sejam bem parecidas, algumas características delas variam bastante conforme o modelo.

Por isso a escolha nem sempre é tão simples, sobretudo para quem não conhece bem esse produto.

Se esse for o seu caso, veja a seguir quais são os principais fatores de comparação entre os itens para uma escolha adequada.

Número de zonas

A quantidade de zonas é uma das características mais importantes nas centrais de alarme porque define quantos locais ela consegue monitorar.

Sendo assim, ao comprar um produto desse tipo, sempre considere se o local de instalação é compatível com o número de zonas que ele é capaz de cobrir.

De maneira geral, existem modelos capazes de monitorar 3, 5 ou até mesmo mais do que 18 zonas diferentes.

Sempre analise essas características, mas tenha em mente que para a maioria dos locais, centrais com oito zonas costumam ser suficientes.

Tipo de sinalização das centrais de alarme

As centrais de alarme possuem dois tipos de sinalização, que funcionam de duas maneiras diferentes. Conheça os dois a seguir:

  • Sistema de alarme com discadora fixa: nesse caso é preciso instalar um telefone fixo no mesmo local onde a central se encontra. Esse aparelho serve para a emissão de alertas em caso de perigo;
  • Alarme com discadora GSM: é a mais usada hoje em dia, pois independe de um telefone fixo para a realização de chamadas. Nesse tipo de discadora basta que haja um chip de telefonia móvel cadastrado. Essa é, portanto, uma alternativa mais prática e moderna.

Sensores

Os sensores também variam entre as centrais de alarme, visto que podem ser do tipo magnético, infravermelho do tipo ativo ou infravermelho do tipo passivo.

Os modelos magnéticos funcionam por meio de ímãs e bobinas, que se afastam e acionam o sistema. Esse é o tipo mais adequado para janelas e portas.

Os sensores infravermelhos ativos, conhecidos também como de barreira, são instalados em dois pontos diferentes, de modo a formar uma linha.

Assim, sempre que qualquer objeto ultrapassar essa barreira invisível o sistema de alarme dispara. Esse é um modelo bastante indicado para portões.

No caso dos sensores infravermelhos passivos, o funcionamento é diferente porque não há emissão de luz infravermelha.

Nesse tipo de sistema ocorre o recebimento de um sinal proveniente do calor do corpo que entra na área de monitoramento.

Essa forma de detecção é bem comum em sensores de presença, por exemplo. Essa luz também serve para monitoramento de maneira geral.

Por fim, vale observar que existem os sensores PET, que disparam apenas com corpos grandes. Isso evita que o alarme dispare com animais domésticos.

Centrais de alarme com fio ou sem

Outra diferença entre as centrais de alarme consiste na presença ou não de fios nesses equipamentos.

Os produtos com fio são os mais comuns e, durante muito tempo, eram os únicos que havia no mercado.

Isso não interfere no funcionamento, mas a presença de fios deixa o sistema mais frágil, visto que se acontecer qualquer interrupção o sistema já não funciona mais.

Por outro lado, as centrais sem fio são mais modernas e possuem funcionamento mais eficiente.

Nesse caso, a central recebe as informações por meio de radiofrequência, e conta com uma conexão à internet ou linha telefônica.

As tecnologias mais modernas usadas nas centrais de alarme sem fio emitem sinal criptografado. Sendo assim, não é possível interceptá-lo. Por isso, essa é uma alternativa altamente segura.

Forma de armazenamento de arquivos

No caso das centrais de alarme com câmera e outros tipos de sensores, a quantidade de informações que o sistema armazena é algo muito relevante.

Ter uma capacidade de armazenamento elevada pode não parecer algo essencial, mas caso seja preciso buscar por informações dias depois de um incidente, isso é bastante relevante.

Ou seja, quanto maior for essa capacidade, mais registros a sua central poderá manter. Ou seja, mais dias de monitoramento permanecerão salvos nela.

Quais são as melhores centrais de alarme para segurança da sua família e empresa?

As centrais de alarme são opções práticas, eficientes e relativamente baratas para a segurança de casas, lojas, escritórios e indústrias.

Mas para ter um bom desempenho, é preciso escolher o produto mais adequado para as suas necessidades.

Para te ajudar, listamos abaixo algumas das melhores centrais de alarme para 2022. Conheça cada uma delas e escolha a que melhor atende às suas demandas.

1. Intelbras Amt 2018 EG

Melhor Central de Alarme Residencial

Central de alarme monitorada Intelbras Amt 2018 EG com 18 zonas (8 + 8 + 2 com fio + 24 sem fio)

  • 18 Zonas de Monitoramento
  • Dispositivos: 128 (sem fio)
  • 2 Saídas PGM
  • Meios de Comunicação: Ethernet, linha telefônica, GPRS e 3G

A central de alarme monitorada AMT 2018 EG é um excelente produto, que possui até 18 zonas de monitoramento, o que resulta em uma excelente cobertura.

Além disso, o equipamento consegue se conectar a até 128 dispositivos sem fio. Por ter comunicação via 3G, ele oferece maior segurança porque não é possível interromper a conexão por meio de corte de fios.

A memória é ampla e consegue armazenar até 256 ocorrências, que são discriminadas com data e hora.

Ademais, o aparelho pode ser ligado a quatro receptores, quatro teclados, além de aparelhos ligados nas duas saídas do tipo PGM.

2. Intelbras AMT 2018 E

Melhor Central de Alarme para Empresas

Central de Alarme AMT 2018 E Monitorada com 18 Zonas

  • 18 Zonas de Monitoramento
  • Dispositivos: 128 (sem fio)
  • 2 Saídas PGM
  • Meios de Comunicação: Ethernet e linha telefônica
  • Armazenamento: 256 eventos

Com 18 zonas de monitoramento, esta é uma das melhores centrais de alarme do momento, que serve para diversos ambientes, inclusive empresas de pequeno e médio porte.

Sempre que necessário é possível verificar as ocorrências antigas, visto que esta central consegue armazenar até 256 eventos com data e hora.

Este produto também tem compatibilidade com 128 dispositivos sem fio, além de quatro receptores e quatro teclados.

Para envio das notificações para uma central de monitoramento, é possível conectar o aparelho via cabo de conexão com a internet.

3. Kit ‎Intelbras AMT 2018 E

Melhor Kit com Central de Alarme

Kit de Alarme Intelbras AMT 2018 E com 08 Sensores e Aplicativo

  • Kit: 1 central Amt 2018 E + 1 Receptor Xar + 6 sensores de abertura (Porta ou Janela) sem fio + 2 sensores infravermelho sem fio + 2 controles XAC 4000
  • Comunicação de dados via tecnologia Ethernet
  • Opção de configuração remota via TCP/IP
  • Comunicação de dados via tecnologia Ethernet
  • Zona inteligente programável

A central de segurança Intelbras AMT 2018 é um produto completo, que conta com todos os itens de que você necessita para o monitoramento de segurança.

Este kit já vem com teclado LCD, comunicação de dados via tecnologia Ethernet e conta com a opção de configuração remota via TCP/IP.

Ademais, tem suporte para supervisão do link Ethernet com intervalos de tempo configuráveis, além da possibilidade de se reportar eventos para dois IPs diferentes.

É possível escolher entre operação com IP dinâmico ou fixo, com a possibilidade de diminuir custos por meio do uso da estrutura do próprio cliente.

4. Intelbras Contra Roubo AMT 8000

Melhor Central de Alarme Sem Fio

Central de Alarme sem fio Contra Roubo AMT 8000 4543516 Intelbras Central de Alarme sem fio Contra Roubo AMT 8000 4543516 Intelbras

  • 64 Zonas de Monitoramento
  • Possibilidades de utilização: 16 teclados, 16 sirenes e 16 partições independentes, 98 controles remoto
  • Dispositivos: 114 (sem fio)

Se o ambiente que você deseja proteger demanda por um grande número de zonas de monitoramento, então este produto é um dos mais adequados.

Esta é uma das melhores centrais de alarme, que possui 16 partições, que permitem a organização de 64 zonas.

Com um alto número de zonas, este é um produto excelente para lojas, empresas e, também, para casas com áreas maiores.

Além disso, este é um produto com compatibilidade para 114 dispositivos sem fio, além de 16 teclados.

Tudo isso inclui meios de comunicação como internet cabeada, linha telefônica, GPRS, além de ser uma das únicas a ter conexão via Wi-Fi.

Conclusão

Manter os ambientes protegidos é essencial, mas às vezes isso pode ser algo caro e até mesmo complicado.

Diante disso, as centrais de alarme são excelentes alternativas para quem busca uma opção mais barata e acessível para casas, empresas e comércios.

Então, agora que você já sabe quais são as melhores centrais de alarme do mercado, chegou a hora de escolher a mais adequada para as suas necessidades.

Sobre o Autor: Tiago Dantas de Medeiros

Administrador de Empresas, Pós graduado em Gestão da Produção, Consultor Empresarial, Especialista Lean Six Sigma, Segurança do Trabalho. É entusiasta em tecnologia e inovação, ama ler e se dedica a atividade de redator há mais de 2 anos.

Deixe um comentário