Quais as Diferenças entre as Versões do Fire Stick?

Hoje você vai conferir quais são as diferenças entre o Fire TV Stick Lite, o Fire TV Stick e o Fire Stick 4K, os diferentes modelos disponíveis no Brasil!

Antes de mais nada, todos os modelos servem como uma boa opção para usar televisores mais antigos como se fossem Smart TV, mas o aparelho mais moderno consegue ser muito mais eficiente com relação à versão anterior.

Com esse dispositivo você pode acessar facilmente os conteúdos de que mais gosta de aplicativos como Prime Video, Netflix, YouTube, Vivo Play, entre outros.

O aparelho em geral é bem pequeno e se encaixa na entrada HDMI do televisor. E a grande vantagem é que ele pode ser usado em vários televisores, inclusive em viagens.

Mas quais são as diferenças entre as versões do Fire TV Stick? Continue lendo esse artigo para conhecer em detalhes cada um deles.

Fire TV Stick: Normal vs Lite vs 4K

Fire Stick Versão 4KFire TV Stick 4KVersão Topo de Linha com 4KVerificar disponibilidade
Fire Stick BasicFire TV Stick BasicMelhor Custo Benefício14% OFFR$ 299,00 na Amazon
Fire Stick LiteFire TV Stick LiteModelo de Entrada em Full HD17% OFFR$ 249,00 na Amazon

Conheça o dispositivo Fire TV Stick Lite

Tanto a versão antiga quanto a mais moderna é de fácil instalação em qualquer TV que seja monitor e tenha entrada HDMI.

Ele tem compatibilidade com os serviços de streaming mais usados no país e, também com aplicativos voltados para música.

Assim você acessa facilmente serviços como Prime Video, Netflix, YouTube, Spotify, Prime Music, entre outros.

Uma novidade da versão atual é que além de ser fabricada a partir de materiais reciclados, ele é até 50% mais eficiente no que diz respeito ao consumo de energia. Isso porque ele entra em modo de economia de energia quando não está sendo usado.

Aparência do dispositivo

Com relação ao design, todas as gerações do Fire TV Stick são bastante semelhantes, inclusive no que diz respeito ao seu tamanho.

As medidas aproximadas deles são 86 mm x 30 mm x 13 mm e, eles pesam por volta de 32 gramas apenas.

Além disso, eles vêm acompanhados de cabo HDMI extensor, para que se adequem também aos televisores que não tem espaço suficiente na parte traseira.

O cabo USB com adaptador de energia e o controle remoto também estão presentes na caixa de ambas as versões.

A mudança mais marcante que surge na versão Lite está na quantidade de botões e, o acesso direto à Alexa. Além disso o “guia” também oferece informações sobre o programa que está sendo transmitido.

Devido à esses botões extra o novo controle é um pouco maior com relação ao anterior. Por fim, devido ao comando por voz, ele conta com um microfone localizado sobre os botões de navegação.

Diferenças no hardware dos três modelos do Fire TV Stick

Todas as versões contam com 8 GB de armazenamento, processador quad-core e vem com controle remoto com microfone, que te permite controlar a Alexa usando ele.

As principal diferença entre os modelos fica no quesito qualidade de imagem.

As três versões são compatíveis com HDR, HDR 10 e HLG, mas a resolução fica limitada em 1080p para a versão Lite e a versão Básica.

Já para a versão 4K, o modelo tem suporte a streaming em 4K Ultra HD com cores mais vibrantes e um diferencial de aceitar conteúdo compatível com Dolby Vision.

Além disso, tanto o Fire Stick 4K quanto a versão básica permitem dar alguns comandos extras para sua TV usando o próprio controle do Fire TV.

Conexões

Os três modelos do Fire TV Stick se conectam à monitores e televisores por meio de uma entrada HDMI e, têm uma entrada USB para carregamento apenas.

Por se ligar diretamente à TV, o dispositivo só fica ativo quando a televisão está ligada, o que promove uma grande economia de energia. Com relação à inicialização, ela é bem rápida em ambos os modelos.

Todas as versões são livres de fios e, possuem conexão dual-band, ou seja, são capazes de utilizar sinais tanto de redes 2.4 GHz quanto 5 GHz.

Todos utilizam por padrão a versão 5.0 do Bluetooth também.

O Fire TV Stick conta com controle por voz Alexa

Como já comentado, os três modelos são compatíveis com controle por voz.

Assim é possível solicitar a abertura de aplicativos específicos, buscar por filmes e também iniciar e pausar o que estiver passando no momento.

Visão geral dos recursos disponíveis

Como você viu, os três dispositivos Fire TV Stick dispõem basicamente das mesmas funções, mas a versão mais moderna possui algumas melhorias relacionadas a qualidade de imagem.

Até o momento a interface dos modelos ainda é a mesma. Inclusive ela flui perfeitamente e dá aos usuários muitas opções diferentes.

Vale ressaltar também que a compatibilidade do Fire TV Stick com a Alexa aumenta em muito a versatilidade do equipamento.

Isso porque assim ele ganha novas funções, como a de funcionar como um hub para uma casa inteligente e uso do Echo como alto falante.

Com relação aos aplicativos, as versões são compatíveis com exatamente os mesmos apps.

Em casas onde várias pessoas utilizem o dispositivo, é possível criar vários perfis, que facilitam muito a organização e separação dos conteúdos.

Por fim, o modo Picture-in-picture vem também como uma novidade. Esse sistema possibilita que dois aplicativos sejam abertos ao mesmo tempo, sendo um exibido em uma tela reduzida.

Esse modo pode ser ativado também para a visualização das imagens de uma câmera de segurança que seja conectada à Alexa.

Dúvidas comuns: o que você precisa saber sobre o Fire Stick

Quantas gerações tem o Fire TV Stick?

O Fire Stick tem 3 gerações: a versão lite (de entrada), normal (intermediária) e a versão 4K que é a topo de linha.

Qual a última geração do Fire TV Stick?

A última geração do Fire Stick TV é a versão 4K. Ele tem qualidade de imagem UHD, suporte a HDR 10+ e som Dolby Atmos. além de ter um controle mais moderno.

Qual o melhor Fire stick para comprar?

Para uma melhor qualidade de imagem, recomendamos comprar a versão Fire Stick 4K, mas caso esse modelo esteja muito acima do orçamento, a versão normal do Fire Stick TV vai entregar bons recursos, além de ser o mais vendido das três versões.

Conclusão: vale a pena substituir o seu Fire TV Stick por uma versão mais moderna?

Como você pode ver por meio da leitura desse texto, o Fire TV Stick trouxe sim algumas novidades que são bem interessantes em suas versões mais topo de linha.

Se você já possui um Fire TV Stick que esteja funcionando bem, não vale a pena fazer a substituição, a não ser que esteja em busca de uma melhor qualidade de imagem em seus seriados e filmes.

Mas se você ainda não possui esse dispositivo, sem dúvidas vale a pena adquirir um para a sua casa.

E se você for assinante Prime, tem a vantagem de receber o equipamento no conforto da sua casa com frete grátis e, ele ainda vem pré-configurado e pronto para uso.

Tiago Dantas de Medeiros
Redator especialista
Especialista em:
Itens de escritório
Acessórios
Gadgets
Formação acadêmica:
Engenheiro de Produção pela UNIVESP
Redator especializado em tecnologia, lazer e jogos, com formação em Engenharia de Produção pela UNIVESP e Administração pela UNIP. Certificado como Lean Six Sigma Black Belt, ele tem experiência em consultoria e gerenciamento de projetos. Tiago adota uma abordagem centrada no leitor, comprometendo-se com a qualidade e autenticidade do conteúdo. Além de escrever, ele é ativo em consultoria e treinamento de equipes, e tem uma variedade de hobbies que vão desde jogos a música e arte. Ele aspira a continuar impactando a indústria da tecnologia e jogos.
Deixe um comentário